quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

15/02/2012


Teu espaço ainda aquecido ao meu lado na imensa sala da vida
Conforta meus músculos e ossos frios e lânguidos
Que foram congelados até o tutano pelo brusco rompimento de almas desfeitas
Caindo em miséria na sua ausência...